notícias

Notícias
23/06/2017

Em 6 meses, participantes do  Programa Mais Saúde já demonstram os resultados positivos  

“Sou outra pessoa. Muito mais disposta, sem dor e sem falta de ar. Nem meus netos acompanham mais meu ritmo” (Railde Lopes Moraes Oliveira - 70 anos). “Mesmo com a agravante da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica, o fortalecimento da musculatura compensou a dificuldade respiratória e me possibilitou um melhor rendimento na natação” (Nayara Theodoro da Silva - 60 anos – 2º Lugar em Natação nos Jogos Regionais de Idosos 2017). “Já não conseguia mais dormir, em razão a hérnia de disco. O único local que me acomodava era o chão. Bastou a primeira aula, para eu sentir a diferença. Voltei a dormir, sem nenhuma dor nas costas” (Renato Fernandes – 54 anos).

Três histórias diferentes, com algo em comum: todos eles conquistaram melhor qualidade de vida, depois que iniciaram o Programa Mais Saúde, na FESB. Uma atividade oferecida a comunidade bragantina, pelo curso de Educação Física, que busca por meio da prática de exercício físico, combater as lesões e patologias dos alunos participantes.

“Não perco as aulas por nada”, relatou Dona Railde. “Além de todo benefício a saúde, ainda eliminei 8 quilos de gordura, em 6 meses de prática de exercícios, associados a acompanhamento nutricional feito pelo NUTRIFESB (ambulatório de Nutrição da FESB)”.

Renato Fernandes também comemora o resultado positivo, dizendo que o melhor foi ter se livrado das caixas de remédios fortes e “agulhadas”. “Não aguentava mais ser espetado na acupuntura”, brinca.

Com sorriso no rosto e demonstrando entusiasmo ao falarem das mudanças positivas que o Mais Saúde trouxe a cada um deles, os três foram unânimes em elogiar o trabalho dos profissionais que desenvolvem o programa. “Estão de parabéns. Eles estão sempre atentos, acompanhando o exercício, corrigindo quando necessário e nos incentivando. Sem eles, nada disso seria possível”, ressaltou Dona Nayara.

O programa Mais Saúde tem a coordenação do professor Prof. Dr. Ricardo Yukio Asano e como responsáveis o Prof. Esp. Ricardo Brietzke e o professor (aprimorando) Rafael Augusto Bueno. Os participantes do projeto, ainda são acompanhados por quatro monitores (estudantes do 5ª e 7º semestre de Educação Física).

Ao falar com satisfação do progresso de seus alunos, Ricardo Brietzke atribuiu os resultados positivos aos treinamentos personalizados. “Os exercícios são ajustados pela condição física e respeitando a limitação de cada um deles. Durante a prática, eles ainda têm um acompanhamento quase individual. Além dos professores, há um monitor para cada 3 alunos”.

O professor explicou que o intuito do programa é atender um público que tenha comprovadamente, alguma lesão ou patologia, porém esteja liberado para a prática de exercício físico. “O objetivo é elevar a expectativa de vida e consequentemente proporcionar uma melhor qualidade de vida aos envolvidos, dando a eles mais autonomia para suas atividades cotidianas no trabalho e no lazer”, acrescentou.

As aulas do Mais Saúde acontecem três vezes por semana, na academia da FESB. As vagas são limitadas em 15 participantes. O acompanhamento é oferecido durante um ano. O ingresso ao programa é sempre feito no início de cada ano.

 

Galeria de imagens

Renato Fernandes
Nayara Theodoro da Silva
Railde Lopes Moraes Oliveira