notícias

Notícias
04/09/2018

FESB promove 1º Encontro do Programa Residência Pedagógica  

A FESB promoveu no sábado (01), o seu 1º Encontro do Programa Residência Pedagógica, uma parceria da Faculdade de Ciências e Letras de Bragança Paulista, com a CAPES, Secretaria de Educação do Estado de São Paulo/Diretoria Regional de Ensino e Secretaria da Educação do Município de Bragança Paulista.  “A adesão ao programa foi uma iniciativa pautada na missão da FESB em fomentar a busca contínua do conhecimento, formar profissionais competentes e críticos para atuarem na sociedade com responsabilidade socioambiental, ética e justiça, bem como no compromisso de formação de docentes capacitados para a prática e para os desafios da Educação, do ensino e do aprimoramento das habilidades inerentes à profissão”, afirmou a Coordenadora Institucional do Programa Residência Pedagógica da FESB, Profa. Dra. Renata Cardoso Belleboni Rodrigues.

O Programa Residência Pedagógica é uma das ações que integram a Política Nacional de Formação de Professores e tem por objetivo induzir o aperfeiçoamento do estágio curricular supervisionado nos cursos de licenciatura, promovendo a imersão do licenciando na escola de educação básica, a partir da segunda metade de seu curso. Na FESB estão envolvidos os cursos de licenciatura em Ciências Biológicas, Educação Física, História, Letras e Pedagogia.

“Com a implantação do programa, objetivamos não apenas proporcionar experiências significativas para os discentes envolvidos, como também, para os preceptores (professores das escolas públicas que receberão nossos alunos), para os alunos do ensino infantil, fundamental e médio das escolas parceiras (EM Pe. Donato Vaglio, EM Prof. Dr. Francisco Murilo Pinto e EE Prof. Marcos Antônio da Silva Guimarães) e, de modo geral, promover discussões e reflexões sobre o estágio supervisionado, sobre a escola que temos e a escola que queremos, sobre as disposições da Base Nacional Comum Curricular e sobre os saberes docentes”, acentuou Renata Rodrigues.

Segundo a coordenadora, o projeto institucional e os subprojetos aprovados pela CAPES são resultados dos esforços de uma equipe. “Um grupo que acredita na possibilidade da transformação da realidade educacional bragantina mediante a formação de docentes qualificados. Nossas licenciaturas, todas com reconhecimento máximo do Conselho Estadual de Educação, unidas pela Educação. Esse é o nosso compromisso”, finalizou.

Download

Galeria de imagens